FREEDOM

Cages


Cages are homes, hearts, minds, routines. You may love your cage, but it is still a cage.

I am prisioner to the books I never wrote, the the music I never composed, to the love I didn’t give.

Life is a sentence.

*****

Cages/Gaiolas – 2017 – 30×40 – Luciana Mariano (direitos reservados)

DISPONÍVEL / AVAILABLE

*****

Tenho sonhado muito nos últimos dias. Uma sonharada que por vezes lembro, outras não, que às vezes fazem sentido, outras me põem ainda mais ansiosa, confusa. Se sonhos são projeções do inconsciente, minha alma está povoada pelo tumulto, pela agitação, multidões barulhentas de quadros ainda não concebidos. Muito movimento, muitas histórias e sentimentos que me fazem acordar cansada – como se a vida diária, acordada, já não se encarregasse disso.

Vivo a síndrome do estrangeiro, aquele que não pertence em lugar nenhum e especialmente aqui sei que não me encaixo. Me falta algo que vai além do que sei descrever, uma sensação de desconforto que me roça a pele, incomoda e sufoca como espartilho sobre a roupa e sapato de tiras, de salto, apertados.

Tenho conseguido meditar um pouco, o que que ajuda a recobrar a sanidade. Aquela paz de quem observa à distância, que vê o torto mas não se curva para segui-lo. Aquela aceitação da impotência, misturada com a tranquilidade de quem já entendeu que às vezes só o tempo mata ou cura. Ele, o tempo, não falha nunca, quem falha é a vida, efêmera, fragilzinha, mecânica, utópica. A cabeça trabalha o tempo todo, mesmo quando tenta, se esforça deliberadamente para não fazê-lo. Ela avalia tiranos, examina possibilidades e, sempre que possível, acordada ou dormindo, sonha.

Hoje meu sonho me estapeou pra fora da cama, acordei com a frase: “É o que é.”

Aceitação? Nem sei… Não costumava ser dessas.

Mas é. É o que é.

Um dia de cada vez.

Vou fazer o que sei, preciso e posso. Vou pintar. E assim sou feliz, leve, livre.

Quando não pinto por algum tempo, os quadros borbulham dentro de mim, como essa enxurrada de sonhos descontrolados, querem sair. Metáfora perfeita para eu, que quero sair. É o que é. Vou pintar.

Sobreviver é urgente quando se trata de viver de arte.

Para viver entre saudade e sonho, prefiro pintar: a única e secreta, pessoal e intransferível forma de enganar o impiedoso tempo.

É o que é.

Que bom, melhor assim.

As coristas / Showgirls



Our mission in life is to be happy.

It might be wrong in the eyes of those who prefer to live in compliance with the system.

It might seem foolish in the eyes of those who are not able to dare being/doing differently from everybody else.

The world need more dancers, painters, dreamers.

And also, a lot more respect for the artists and the arts.

About windows and chairs

20130828-183318.jpg

Inquietação e paz
Cadeiras e janelas
Cortinas e chaminés
Noite, lua, estrelas
Coleção de pingüins.

A liberdade permite pintar (e viver) o que eu bem quiser.
A vida é cheia de escolhas.
Não há certo ou errado, há possibilidades.
E a pintura é o extremo da liberdade.
E isso é sempre, sempre bom!

Dreaming

20120730-141242.jpg

Do not take for granted
My hability to dream
Reality has been around for quite a while
And it drove me close to extintion.
Somehow, I manage to keep myself alive
I dance among insanity, hope and faith
But i still allow myself to dreaming
It’s like the ultimate resource
As an intentional way for survival
It’s my self inducted vortex to freedom.

Valentine´s day

It´s funny to see how love works.

Flowers, chocolate, candle lit dinner, passion…

That´s indeed how I believe it should be. However, people can use any excuse to ´cheat´ (also) this date an not make something special out of it…

Lovers: do not take a NO for an answer! Stand up for your right to love and be loved in a very romantic way! Enough with the half-way-lazy-ass-excuses for  not doing or recieving a day (or night) to remember.

Exagerate! Make a love statement! Be ridiculously in love for once, for God´s sake! There´s nothing more adorable than being in love! There´s nothing better than this generous feeling of abundance that love, passion and romance can be!

Lovers: go crazy!

Enough with lazyness and boredom. Enough with being cheap and uncreative. Enough of taking for granted this amazing opportunity do make (and above all: to BE) special, happy and LOVED!

Happy Valentine´s Day everyone… It was about time.

farvel 24. september

img076

 

Til dig: I dag skulle vi fejre vores 18. bryllupsdag. Den sang har du spillet for mig en dag… http://www.youtube.com/watch?v=xsBe1B8jvSY Nu giver jeg tilbage til dig, jeg har ikke brug for den laengere. Vores historie afslutter idag i mit hjerte. Jeg er glad at vaere fri, endelig. Jeg oensker dig et godt liv. Mit starter nu. Farvel, Mig.

*********

ATOS DE LIBERTAÇÃO/LIBERATION ACTS:

AL-1: Você está sozinha agora: vai ser feliz!

LA-1: You are now on your own: go and be merry!