espelho – mirror – specchio – spejl

No espelho, olhos curiosos.

A busca inversa do sentido,  companhia irrefutável, solidão velada, testemunho eterno

Confissões.

O espelho não aprova ou condena, ele observa impassível.

Até que a morte os separe, seu reflexo conhece a fidelidade, mas não o toque, não o acolhimento morno.

Sorri quando sorri, chora quando chora.

Acompanha devaneios mas não expressa opinião. Não critica nem julga. Repete. Inverte. Acompanha.

É a parte de mim que vejo mas não conheço. Olho, mas não sei. Longe de mim é nada, perto de mim sou eu.

Algoz, anjo, cúmplice.

Verdade, ilusão.

Silêncio.

***********************

“The world is a great mirror. It reflects back to you what you are. If you are loving, if you are friendly, if you are helpful, the world will prove loving and friendly and helpful to you. The world is what you are.” Thomas Dreier

“Only in quiet waters things mirror themselves undistorted. Only in a quiet mind is adequate perception of the world.”
Hans Margolius

“There are two ways of spreading light: to be the candle or the mirror that reflects it.” Edith  Wharton

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s